petroquimicas 02

petroquimicas 01 

 petroquimicas 03 (600 x 450)  

petroquimicas 04 (600 x 450)

A IVC possui vasta experiência na área de inspeção de equipamentos de indústrias petroquímicas

Dentre as indústrias petroquímicas destacam-se indústrias que atuam no setor petroquímico e gás químico, produzindo derivados de petróleo, como a parafina e a nafta, e convertendo o gás natural em ureia, amônia, entre outros, para serem usados como matéria-prima em diferentes tipos de indústria.

As refinarias de petróleo, que são divididas em unidades de processamento, cada qual com centenas de vasos de pressão incluindo torres de processo, aquecedores, condensadores, evaporadores, trocadores de calor tipo casco tubos, tipo air coolers, caldeiras, reatores, fornos e tubulações.

Nos últimos anos, por exemplo, entraram em operação novas unidades, em sua maioria, Unidades de Hidrotratamento (UHDT), de Hidrossulforização (UHDS), de Geração de Hidrogênio (UGH), de Recuperação de Enxofre (URE) e de Tratamento de Águas Ácidas (UTAA) e possibilitam a produção de Diesel S-10 e Gasolina S-50, combustíveis de alta qualidade, com mais baixo teor de enxofre e que possibilitam a redução de emissões veiculares.

A inspeção de equipamentos em refinarias envolve uma enorme cadeia de grandes equipamentos interligados por tubulações que recentemente passaram a fazer parte da NR-13, por operarem com fluidos de classes A e B.

As refinarias normalmente possuem serviço próprio de inspeção, porém, devido a grande quantidade de equipamentos são realizadas paradas programadas onde são contratadas empresas de inspeção que necessitam de mão de obra qualificada e com experiência com relação ao histórico de inspeções, pois cada equipamento possui mecanismos de danos diferentes.

A inspeção torna-se mais complexa a medida que são elevadas as pressões e temperaturas de operação para cada etapa do refino.

Em determinados casos é necessário ainda uma inspeção interna nas serpentinas por meio de videoscopia para verificação das condições das juntas soldadas.

A importância de uma inspeção criteriosa torna-se fundamental, diante da responsabilidade de inspeção em petroquímicas por tratar-se de fluidos altamente tóxicos e inflamáveis, que possuem potencial de risco extremamente elevados e consequências de grandes proporções.