ar comprimido 01 

ar comprimido 02

ar comprimido 03  

ar comprimido 04  

 

A grande maioria das indústrias de bens de consumo que transformam matéria prima em mercadorias utilizam equipamentos como caldeiras, vasos de pressão e tubulações em seus parques industriais.

Em geral, as fontes de energia utilizadas nessas indústrias é principalmente o ar comprimido acumulado em de vasos de pressão. No entanto, o ar apresenta vapor d'água (umidade). Esse vapor d'água pode se condensar ao longo da linha pneumática dependendo das condições de pressão e temperatura ao longo da linha. Se não houver um sistema para retirar a água, ela pode se acumular causando corrosão das tubulações e nos reservatórios (vasos de pressão).

O ar apresenta também uma baixa viscosidade. A viscosidade mede a facilidade com que um fluido (gás ou líquido) escoa. Se um fluido tem baixa viscosidade implica que ele pode escoar por pequenos orifícios e portanto a chance de ocorrer vazamentos é muito grande. Assim, vazamentos de ar em linhas pneumáticas são muito comuns.

SEGURANÇA: Como o ar comprimido é um fluido compressível, que acumula uma grande quantidade de energia potencial, o uso indevido do ar comprimido através de equipamentos mal projetados, complacência ou pior, um pouco de equívoco pode muito bem resultar em lesões graves ou até mesmo uma fatalidade. Para ser claro, o ar comprimido é um fluxo altamente concentrado de ar a alta pressão e velocidade, o que pode causar ferimentos graves ao operador e às pessoas próximas.

Esta liberação de energia pode ser involuntária (falha de equipamento) ou causada pelo operador que está maltratando esse recurso - por exemplo, usar armas de sopro para limpar roupas e superfícies, ou mesmo como resultado de uma brincadeira.

Infelizmente, este último tem sido uma causa de alguns acidentes graves no local de trabalho causados ​​por indivíduos não conscientes dos perigos do ar comprimido, ou a falta de procedimentos de trabalho adequado.

O responsável pela Segurança do trabalho na sua empresa deve estar ciente de que o equipamento sob pressão deve ser submetido as inspeções de segurança periódicas determinadas pelo Ministério do trabalho, através das normas regulamentadoras, uma vez que, é responsabilidade do empregador zelar pela integridade física e bem estar do trabalhador.